Assista no youtube !

Loading...

sexta-feira, novembro 04, 2005

As autoridades, o lixo e as bicicletas dos leitores

.
A cidadania faz alerta constante, sobre os abusos e os dilemas do lixo de São Paulo.
Cobra as autoridades com rigor e a mídia, insistentemente.
Fique claro que, quando a cidadania diz "autoridades", quer dizer "todas": municipais, estaduais e federais, de todos os departamentos e secretarias, direta ou indiretamente, relacionadas ou responsáveis pelo lixo da cidade de São Paulo, do meio ambiente ao planejamento, do executivo ao legislativo, tanto nas esferas administrativas, quanto em intermináveis hostes judiciais.
E quando a cidadania diz "mídia, insistentemente", há também que se esclarecer que esta é constantemente informada e bombardeada sobre a gravidade do dilema do lixo, inclusive com documentos, incluindo-se na categoria "mídia", os principais jornais, revistas, rádios e emissoras de televisão que cobrem os problemas da cidade de São Paulo.
Mas todos, de maneira covarde, displicente ou conveniente, se calam.
Num silêncio ensurdecedor, pior do que irresponsável.
Os burocratas, por talvez serem incompetentes e negligentes mesmo.
A imprensa, por sua vez, talvez entenda que o lixo de SP é menos importante para a cidade, do que a carta do leitor que reclama do defeito de uma bicicleta que comprou.
De qualquer forma, daqui a pouco, muito pouco, todos estarão obrigatoriamente em cima da carniça.
POIS, EM POUCOS MESES, A CIDADE DE SÃO PAULO NÃO TERÁ ONDE DEPOSITAR O LIXO QUE PRODUZ.
Resta saber se as autoridades tomarão emprestadas as bicicletas dos leitores, diligentemente consertadas pelo esforço da mídia, para transportar o lixo para onde este não cheire.
E que ninguém diga que a cidadania não avisou!