Assista no youtube !

Loading...

quinta-feira, outubro 20, 2005

Talvez de nada adiante contestar os absurdos. Talvez estes sejam fruto das massivas e frementes transformações sociais atuais. Em razão dos interesses econômicos absolutistas, os absurdos do presente estão se tornando paradigmas para o futuro.